Os benefícios das atividades culturais e artísticas na formação da criança

Tempo de leitura: 2 minutos

A criança precisa crescer em um ambiente que a incentive no desenvolvimento de suas competências que serão utilizadas durante toda a vida. Atividades culturais e artísticas como contação de histórias, saraus, artes plásticas, literatura regional e festividades típicas de cada cidade contribuem para o desenvolvimento intelectual e comportamental da criança, à medida em que estimulam o raciocínio, a necessidade de fazer escolhas e a convivência com outras pessoas.

Continue lendo este texto e descubra os benefícios dessas e de outras atividades que serão explicitadas no texto na formação da criança.

 

Relevância da arte na formação da criança

A arte desempenha um papel essencial na formação de uma criança, ela desenvolve os aspectos cognitivos, emocional, comportamental e motores de quem a pratica. A execução de atividades artísticas e culturais, como: artesanato, teatro, escultura, pintura, desenho, música, dança, fotografia e a exposição a atividades culturais típicas das diversas regiões do país permitem que a criança amplie sua inteligência e aprimore a sua percepção sobre a realidade que a cerca, modificando, possivelmente, modos de agir e pensar.

Um estudo realizado pelas universidades Oxford e Open, do Reino Unido, mostrou que as crianças se sentem mais felizes quando estão envolvidas em atividades mais ativas, como artesanato e desenho.

 

Benefícios das atividades artísticas

Por meio da realização de atividades lúdicas, uma criança aprimora a confiança na sua própria capacidade, desenvolve seu pensamento crítico e equilíbrio emocional, e aprende a trabalhar em grupo, quando a atividade é em equipe, ou amplia a sua concentração, quando a atividade é feita individualmente.

As atividades artísticas estimulam a criatividade, desenvolvem a coordenação motora e, por meio delas, a criança expressa os seus sentimentos e opiniões sobre a vida e sobre o mundo. Já as atividades culturais são meios que possibilitam o aprendizado e o respeito pela cultura do outro.

Quando o estímulo à arte é feito conjuntamente na escola e dentro de casa, a criança cresce aprimorando o seu potencial e a sua sensibilidade. Por isso, é importante estimular os pequenos a criar, tentar novamente, ter perseverança até conseguir atingir o seu objetivo e, finalmente, poder apresentar a sua criação ao mundo.

 

E você, incentiva o lado artístico do seu filho? Deixe seu comentário e compartilhe o texto com seus amigos!