Saiba como melhorar o rendimento escolar do seu filho

Tempo de leitura: 4 minutos

Se você é pai ou mãe de aluno, saiba que, com algumas ações suas, é possível melhorar o rendimento escolar do seu filho. Continue conosco neste texto e descubra como influenciar positivamente na melhoria do rendimento escolar do seu filho!

 

Estabeleça uma rotina de estudos em um ambiente apropriado

Definir horários para a criança estudar e fazer as suas lições de casa é o passo inicial para que ela tenha bons resultados na escola. Contudo, os pais devem ficar atentos ao horário que a criança apresenta um melhor desempenho, também devem ficar atentos se a criança cumpre ou não a sua rotina.

Delimite os horários e esteja acessível para auxiliar a criança nas suas dúvidas. É válido ressaltar, também, a importância de proporcionar um ambiente apropriado para a criança estudar, incluindo uma cadeira confortável, mesa proporcional ao tamanho da criança, iluminação adequada e materiais escolares.

Lembre-se sempre de evitar que o local fique bagunçado. Aproveite para ensinar ao seu filho os cuidados que ele deve ter para deixar o seu ambiente de estudos limpo e organizado.

 

Não faça cobranças excessivas

Isso significa que você, pai ou mãe, deve saber dosar as cobranças à criança. Cobranças excessivas podem abalar o estado emocional da criança, fator que influenciará no desempenho escolar.

 

Não fazer cobranças excessivas não significa que você não deve cobrar o seu filho nos estudos, você deve. Mas, ao fazer isso, é necessário ter cuidado. Mostre a importância do esforço e da concentração necessária para a realização de uma tarefa.

A criança bem instruída aprenderá que o êxito nas suas tarefas escolares só será alcançado com a continuação de uma rotina de estudos. Você, como pai e mãe, deve despertar no seu filho, desde pequeno, o interesse pelos estudos. Dessa maneira, no futuro, não será necessário fazer cobranças demasiadas sobre a postura escolar do seu filho.

 

Seja o exemplo!

Seus esforços podem ser insatisfatórios se você só diz o que precisa ser feito, é preciso ir além, ser um exemplo, mostrar à criança que você também é uma pessoa compromissada com os estudos. Leia na frente da criança, faça pesquisas e convide seu filho para ajudar ou inscreva-se em um curso de aperfeiçoamento profissional.

A criança que cresce em um lar com pai e mãe exemplares terão, sem dúvidas, mais impulso para seguir o exemplo e obter um melhor desempenho no colégio.

Além das recomendações explicitadas acima, os pais também podem conduzir a criança para o interesse na leitura e em outras atividades culturais, tais como cinema, teatro e artes plásticas. Adquira o hábito de levar seu filho para bibliotecas, cinema, teatro, exposições culturais, feiras literárias e eventos culturais.

A criança que cresce recebendo uma formação pautada nos aspectos citados será um aluno mais engajado, participativo e curioso. Proporcione ao seu filho essas oportunidades!

 

Controle o uso de aparelhos tecnológicos

O tempo para as brincadeiras infantis precisa ser controlado, isso não significa que o seu filho não deve brincar. Ele deve e precisa.

Com o avanço da tecnologia, o uso de aparelhos tecnológicos tornou-se uma fonte de brincadeiras para as crianças. Para que essa diversão não prejudique os estudos das crianças, os pais devem estabelecer um período para as brincadeiras e, sobretudo, incentivar o fortalecimento das brincadeiras que possibilitam o contato com outras crianças. As crianças precisam saber qual será o tempo dos estudos e qual será o tempo das brincadeiras!

 

Convívio escolar

Os pais que pretendem ajudar na melhoria do rendimento escolar de seus filhos devem frequentar regularmente a escola da criança.

Conversar com os professores e com a coordenação pedagógica permite a redução da distância ainda comum entre família e escola.

 

Esperamos que as nossas recomendações sejam úteis para você que deseja fazer parte da vida escolar e da melhoria do rendimento escolar do seu filho! Gostou do texto?  Deixe seu comentário abaixo!